domingo , 17/12/2017
Breaking News
Home / INSPIRAÇÃO / Embalagem / Você conhece esse símbolo?

Você conhece esse símbolo?

Trata-se do selo de transgênicos, para designar alimentos que contenham mais de 1% de ingredientes geneticamente modificados em sua composição.

A utilização do mesmo nas embalagens de TODOS os produtos que se enquadram nas condições acima, tornou-se obrigatória a partir do último 26 de fevereiro.

Fiquei sabendo desse selo e dessas informações através da Revista EmbalagemMarca, ed.149, quando percebi a total desinformação (minha, claro, e, provavelmente, de todos).

Você sabia tudo isso? Não se preocupe, tenho a certeza que “reina” a desinformação a respeito do mesmo. Mesmo quem conhece o selo não consegue dar muitos detalhes a respeito de quando ele deve ser usado, porquê…

O consumidor, então, não tem a menor condição de, ao vê-lo numa embalagem, definir a sua importância e definir se deve ou não optar por aquele produto. Afinal, o que são e o que fazem “esses tais transgênicos”?

Pra que tornar obrigatória a colocação desse símbolo, tão impactante, com seu amarelo berrante gritando “atenção, perigo”, se não se tem esclarecimento nem divulgação a respeito? Porque as coisas são feitas dessa forma em nosso país? Porque se cria um símbolo (*), se faz uma lei obrigando seu uso (supõe-se com isso ser importante) e não se divulga para todos, dando os devidos esclarecimentos?

Para mim, é falha de quem legisla (faz as leis), de quem executa (coloca o símbolo e não explica nada em campanha), da imprensa – que sempre parece “pronta” para falar de mortes, casos de grande repercussão, mas muitas vezes esquece seu papel básico informativo…

(*) Aliás, minha opinião sobre esse símbolo é que ele é muito ruim. Claro que o intuito ao se utilizar o amarelo junto com esse formato de placa foi para trazer a informação de ATENÇÃO, implícita no código cromático e morfológico, entretanto, da forma simplista, torna o alerta quase uma sinalização de perigo (eu consigo rapidamente associar ao símbolo de radioativo), o que pode ser péssimo para as marcas/produtos e, ao mesmo tempo, não se tem (ou não nos oferecem) informações a respeito do perigo real desse tipo de modificação genética nos alimentos. É para fazer alarde, impedir as vendas desses alimentos? Se for, o símbolo cumpre bem essas metas.

About Silvia Zampar

Graduada em PMKT, pós em Ensino Superior, mestre em Comunicação Midiática, atua como publicitária há 17 anos em sua agência de propaganda em Jundiaí e leciona para cursos de Comunicação Digital / Publicidade.
Mantém os blogs: este (o TuDiBão) e o Livro-Objeto. Twitter: @SilviaZampar. Confira a apresentação completa dela.

Check Also

Dia do Motorista

E hoje, Dia do Motorista, publicamos um anúncio simples e gracioso que encontramos, que utiliza …

Silvio Santos assiste Breaking Bad… e aumenta a audiência

É, tudo que ele toca vira outro, e o que sai de sua boca também …

22 comments

  1. Eu sei e não vou falar, kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Dependendo do "ramo" (trânsito, marcas, placas em geral etc), eu sei.

  3. Se não me engano, a soja foi a pioneira

  4. Essa eu sei! Simbolo de alerta de transgênicos :)

  5. Cheguei um dia depois.. rsss não tenho ideia.
    vou procurar a resposta nos posts de hj.

  6. Pra completar o pensamento, placa de Transito acho difícil… me parece a indicação de algum agente químico

  7. E, pra não perder a piada.. pode ser um pingente de correntinha "sou um Tesão"…
    se bem que ficaria melhor em vermelho kkkkk

  8. Do que se tratra?

  9. rotulagem de transgênicos

  10. Estela de Oliveira

    Rss… to na lista dos desinformados …
    ou melhor.. agora EX-desinformados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: